teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

Metodologia de pesquisa-ação

nenhum comentário



1. Características de Pesquisa-ação:

  • Pesquisa social empírica concebida e realizada em estreita associação com uma ação ou resolução de um problema coletivo
  • Envolvimento cooperativo entre pesquisadores e participantes representantes da situação/problema
  • Pesquisadores têm papel ativo no equacionamento dos problemas, organização, acompanhamento e avaliação das ações
  • Definição de uma ação a ser desenvolvida, identificação de seus agentes, objetivos e obstáculos
  • Experimentação em situação real: variáveis não são isoláveis: ação interfere no que está sendo observado
  • Interpretações da realidade observada a partir de ações transformadoras produtos de deliberação
  • Pesquisa participativa (variante): estabelece relações comunicativas com as pessoas ou grupos da situação investigada. Pesquisadores participam do contexto investigado, identificam-se com valores e comportamentos. Melhor aceitação.

2. Procedimentos metodológicos (etapas flexíveis):

  1. Exploração: diagnosticar a realidade, levantamento da situação, eventuais ações, objetivos gerais
  2. Tema: designar o problema e a área de conhecimento, marco teórico, pesquisa bibliográfica
  3. Problematização: definir abordagem, relevância científica e prática da pesquisa
  4. Teoria: quadro de referência teórica que norteará a interpretação de resultados
  5. Hipóteses: suposições (não testadas) a respeito de possíveis soluções, caráter de condução do pensamento
  6. Seminário: exame, discussão e tomada de decisões acerca da investigação, coordenar as atividades dos grupos
  7. Comunidade: campo de observação, amostragem e critérios de representatividade qualitativa
  8. Coleta de Dados: entrevistas, questionários, arquivos, grupos de observação: seminário central
  9. Aprendizagem: colaboração entre os participantes e pesquisadores em perspectiva de intercâmbio
  10. Interpretação: descrição do problema buscando intercompreensão entre saber formal e informal

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

19/08/2010 às 5:37

Publicado em Metodologia de Pesquisa

Tags desta matéria ,

Deixe uma resposta