teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

A crítica contemporânea do racionalismo

nenhum comentário

  • Thomas Kuhn e a revolução historiográfica da ciência
    • Compreensão das inter-relações sociológicas que influenciam e condicionam o conhecimento numa comunidade científica
    • Descontinuidade e incomensurabilidade (não possibilidade de comparação) das teorias
    • Sucessão descontínua de modelos vigentes, ou paradigmas, sem progressividade do conhecimento
    • Paradigma: modelo de formulação e solução de problemas compartilhado por uma comunidade científica
    • Ralativização do papel das teorias: a prática de solução de problemas não obedece o rigor da teoria
  • Pesquisa científica e valores – Hugh Lacey
    • Veracidade: qualidade do enunciado cuja validade é universal e absoluta
    • Neutralidade: qualidade da ação cujo efeito não beneficia valores sociais e morais específicos
    • Autonomia: qualidade da ação que não está sujeita a condicionamentos externos
    • Imparcialidade: qualidade da ação não influenciada por valores sociais e morais específicos
  • A sociologia do campo científico – Pierre Bourdieu
    • Relações de poder influenciam o conhecimento científico e seu método
    • Busca por prestígio, cargos, financiamento determinam a pauta de pesquisa
    • Corporativismo interfere no reconhecimento da validade e publicação dos resultados
    • Conflitos de interesse na interface entre ciência e capitalismo (vide: Samuel Epstein; VideoDoc: The Corporation)
  • Personagem: Bruno Latour e as redes sócio-técnicas
  • Para discutir Ciência e Sociedade
  • Para refletir: “andarilho”, F. Nietzche

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

23/08/2010 às 5:24

Deixe uma resposta