teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

Definições sobre o projeto gráfico do suplemento

com 3 comentários

1. Quem é seu público-alvo? Quais referências consultadas podem inspirar o projeto gráfico do seu  suplemento?

2. Qual será o nome e como será o logotipo da publicação?

3. Como o conteúdo será distribuído na organização editorial do suplemento (capa e mais onze páginas)?

4. Qual tipo de modulação (grid) será adotado? Haverá variação do grid entre as páginas? Como esses módulos serão separados (espaços, linhas, boxes etc.)?

5. Quais tipos e fontes serão adotadas, considerando uso de grifos (bold, itálico) e diferenciação para títulos, linha-fina, corpo de texto e destaques etc?

6. Qual a paleta de cores a ser adotada? Haverá variações de tonalidade e intensidade no emprego de uma mesma cor? Haverá variação de cores em função do conteúdo de cada página?

7. Quais elementos de iconografia serão adotados (ícones, vinhetas, selos, marcas etc.)?

 

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

09/01/2014 às 19:45

3 Respostas para 'Definições sobre o projeto gráfico do suplemento'

Acompanhe os comentários com RSS ou TrackBack para 'Definições sobre o projeto gráfico do suplemento'.

  1. 1) Três publicações, a Revista Serafina, da Folha, a revistas Vida Simples e o jornal The Guardian.

    2) Será um logotipo minimalista, só com tipos.

    3) Conforme combinado, serão 3 páginas: capa e mais duas internas (matéria)

    4) O gris vai se inspirar bastante na Vida Simples, que tem muito respiro, espaços em branco, com varrição entre as páginas com divisão apenas com espaços.

    5) Myriad Black (títulos) e Minion, com variação de peso para texto e linhas fina.

    6) Amarelo, cinza e preto, com variação na intensidade.

    7) Marcas orgânicas em formato de box.

    Wilian Olivato

    14/01/2014 em 22:09

  2. Suplemento: Movin – Corpo em movimento
    Grupo: Carolina Canotilho, Gustavo Zuccherato, Isabella Holouka, José Guilherme Magalhães, Julia Gottschalk, Lucas Salles, Marina Machuca, Marina Walder, Michele Matos e Natália Pinhabel

    1. Foram inspirações para a criação do projeto gráfico do nosso suplemento as revistas Vida Simples e Piauí e o suplemento Ilustríssima, da Folha de S. Paulo.

    2. O logo do suplemento “Movin” segue a linha do próprio nome, o movimento. A fonte, Southern Aire, acompanhada da silhueta de uma bailarina, é despojada e simples, indicando a leveza do conteúdo do jornal.

    3. Além do Expediente e do Editorial, Movin não possui seções fixas definidas, a ordem das matérias se dá, portanto, de forma desordenada, apesar de harmoniosa, equilibrando a leitura.

    4. O grid adotado respeita sempre o padrão de duas ou quatro colunas, independente se a formação da página se da com imagens com forma regular ou não. Variações só acontecem na última página, em que temos a Linha do Tempo sobre as modalidades citadas no suplemento.
    Temos também a presença de rodapé nas páginas, que contém o logo do suplemento, a indicação da página, o mês da publicação e o ano.
    Nos casos em que são usados olhos, a diferenciação se dá pela alteração no tamanho da fonte (que pode ser irregular também nesse texto), posicionamento na página, uso de um retângulo em vermelho ou de uma linha lateral. O uso de espaços em branco também deve ser mencionado.

    5. O título de cada matéria será fonte Consolas, tamanho variando de 48 pt a 60 pt, em negrito e em itálico.
    Para o texto, fonte Aparajita, Cambria OU Adobe Carlson Pro, o tamanho da fonte 12 ou 13pt. Entrelinhas variando entre 14 pt e 18 pt.
    Para os olhos nas matérias a fonte é a mesma que o texto, 2 pt maior, centralizado, em negrito.

    6. As cores do suplemento ganham destaque apenas nas fotos utilizadas, tanto as em forma regular, como aquelas irregulares e transparentes. Além dos logos da UNESP, FAAC e do Departamento de Comunicação Social, e das fotografias, todo o resto (os textos e demais elementos) e espaços são apresentados em preto e branco, respectivamente.

    7. Nos casos em que são usados olhos, a diferenciação se dá pela alteração no tamanho da fonte (que pode ser irregular também nesse texto), posicionamento na página, uso de um retângulo em vermelho ou de uma linha lateral. O uso de espaços em branco também deve ser mencionado.
    Temos também a presença de rodapé nas páginas, que contém o logo do suplemento, a indicação da página, o mês da publicação e o ano.
    Além disso, respeitando a proposta totalmente clean do suplemento, não há ícones, vinhetas, selos ou marcas.

    Isabella Holouka

    06/02/2014 em 17:02

  3. Bacelar, Leticia Ferreira, Heloísa Kennerly, Renan Hass e João pedro

    Suplemento: Sociedade & Ambiente

    1. Quais referências consultadas podem inspirar o projeto gráfico do seu suplemento?
    Referências como o suplemento Campo & Lavoura do jornal gaúcho Zero Hora, a revista bimensal Plurale e da revista Vida Simples, além da revista Unesp Ciência.

    2. Como será o logotipo da publicação?
    O logotipo será com a grafia “Ambiente & Sociedade”, sem muitos elementos gráficos.

    3. Como o conteúdo será distribuído na organização editorial do suplemento (capa e mais onze páginas)?

    Será uma reportagem por folha e as duas grandes reportagens ocuparão duas folhas. Entrevistas, artigos e editoriais ocuparão também uma página. Haverá fotos, infográficos, elementos gráficos para contribuir para um visual melhor.

    4. Qual tipo de modulação (grid) será adotado? Haverá variação do grid entre as páginas? Como esses módulos serão separados (espaços, linhas, boxes etc.)?
    Modulação geral, quatro colunas. No entanto, tem uma página com três. Haverá espaços em branco separando as colunas.

    5. Quais tipos e fontes serão adotadas, considerando uso de grifos (bold, itálico) e diferenciação para títulos, linha-fina, corpo de texto e destaques etc?
    Serão adotadas as seguintes fontes:
    Fonte do título: Lao UI (negrito/bold); 48pt.
    Fonte da linha fina: Open Sans (Italic); 15pt.
    Fonte do nome do repórter: Open Sans (bold); 12pt.
    Fonte do texto: Plantagenet Cherokee (Regular); 13pt.
    Fonte de intertítulos: Plantagenet Cherokee (Regular); 13pt. Porém com 0,3 de Weight no contorno, para torná-la negrito.
    Fonte créditos de fotos e infográficos/boxes: Plantagenet Cherokee (Regular); 10pt.
    Fonte legenda das fotos: Open Sans (italic); 12pt.
    Fonte olhos: Candara (Bold); 24pt.

    6. Qual a paleta de cores a ser adotada? Haverá variações de tonalidade e intensidade no emprego de uma mesma cor? Haverá variação de cores em função do conteúdo de cada página?
    A paleta de cores a ser usada vai variar tons de verde. Haverá tons vermelhos escuros também para dar destaque. Não haverá variação de cores em função do conteúdo.

    7. Quais elementos de iconografia serão adotados (ícones, vinhetas, selos, marcas etc.)?
    Serão usados chapéus, olhos, ícones e vinhetas.

    Thales Valeriani

    06/02/2014 em 17:35

Deixe uma resposta