teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

Quem, eu?

nenhum comentário

Quando Álvaro de Campos disse “Não sou nada/nunca serei nada/não posso querer ser nada/À parte isso tenho em mim todos os sonhos do mundo” foi, provavelmente, porque não conhecia a internet. Menos ainda, as redes sociais. Pois se já é complicado saber-se alguém sem os entremeios da virtualidade, com ela torna-se quase impossível. Noves fora, portanto, vou na esteira do bom e velho Álvaro/Pessoa: “À parte isso, tenho para mim todos os perfis do mundo”.

Rodrigo – Exercício 3

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

23/11/2011 às 23:59

Publicado em TV Digital

Deixe uma resposta