teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

Roteiro para preparação e realização de entrevista

nenhum comentário

Os tópicos a seguir representam um roteiro genérico para preparação e realização de entrevista com pesquisador, com vistas à produção de reportagem sobre tema científico.

I. Antes da entrevista:

  1. Revisar, em glossário, dicionário ou enciclopédia, os principais conceitos e teorias relacionadas ao assunto
  2. Ler reportagens, notícias e entrevistas recentes publicadas pela imprensa sobre o assunto em questão
  3. Consultar o currículo do pesquisador a ser entrevistado (plataforma Lattes/CNPq)
  4. Identificar os grupos de pesquisa e/ou laboratórios dos quais ele participa
  5. Ler um artigo científico que ele tenha publicado sobre o tema
  6. Reunir dados estatísticos, imagens, gráficos e outros materiais de apoio
  7. Elaborar um roteiro semi-estruturado de tópicos a serem abordados na entrevista, incluindo os seguintes aspectos de interesse:
  • Resultados obtidos pela pesquisa
  • Método de investigação empregado
  • Implicações sócio-econômicas do tema
  • Estudos futuros e problemas em aberto

II. Durante a entrevista

  1. Levar consigo, além dos recursos de registro e anotação, uma pasta contendo impressões em papel dos principais documentos utilizados na pauta, para consulta de informações e solução de dúvidas
  2. Procurar manter um diálogo com o pesquisador e não apenas ouvir um monólogo sobre seus trabalhos (você deve fazer uma entrevista, e não assistir a uma aula!)
  3. Manter-se atento às respostas, de modo a identificar oportunidades para novas perguntas além das previstas no roteiro.
  4. Esclarecer, na mesma hora, dúvidas sobre informações que não tenham ficado claras, incluindo o significado de termos técnicos eventualmente usados pelo pesquisador na entrevista
  5. Perceber e registrar aspectos contextuais e circunstanciais sobre o ambiente de trabalho, o perfil pessoal e outros aspectos que possam ajudar a dar mais realismo à descrição da personagem e do cenário de pesquisa
  6. Solicitar dicas de fontes de informação complementares para aprofundar algum aspecto do assunto
  7. Combinar com o pesquisador se e como as informações organizadas pelo repórter a partir da entrevista serão ou não submetidas à revisão, que, neste caso, deverão limitar-se a aspectos técnicos

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

03/09/2012 às 10:18

Publicado em Jornalismo Científico

Deixe uma resposta