teia de ideia [mídia e tecnologia]

Francisco Rolfsen Belda

Matérias marcadas com a tag ‘Exercícios’

Sobre “laboratórios de informática”, escola e tecnologia

nenhum comentário

Aluno: “O que é que esse cara quer? Tá zoando, brincar de montar páuerpóinti. Vou floodar o perfil desse zé-ruela. Galera, vamos trolar o prof? Sem sacanagem, é só dar um google e tá pronto o trabalho”.

Professor: “Bom, quero ver quem vai conseguir entregar esse trabalho. Essa molecada acha que é só dar um copiar-e-colar e tá pronto. Acham que sabem tudo, humprf. Quero ver quem é que vai conseguir ao menos chegar perto de uma (faculdade) pública. Tão de sacanagem…peraí, q q é isso no meu perfil?”

Gestor escolar: “Preciso lembrar de avisar o pessoal do CPD pra bloquear o MSN dos micros…como será q esses moleques ainda conseguem conectar aqui no laboratório da escola?  É nisso que dá ficar comprando computador novo, esse negócio de educação liberal, o professor aprender a usar micro, essas coisas. Que saco. Bom, antes de ir lá vou dar uma olhada no meu Fëice…”

O senso comum poderia facilmente autorizar as idéias acima. Não que elas estejam muito distantes do que se passa no ambiente escolar  – em uma situação no Ensino Médio, por exemplo –  em alguns momentos quando se pensa o uso de novas tecnologias.

Mas esta é uma visão reduzida.

Indo um pouco além, seria razoável imaginar que o problema passa menos pelo uso de equipamentos e softwares e pelas rotinas de uso e mais pela dificuldade em organizar o conhecimento teórico e a prática sobre como a tecnologia digital transforma a maneira em si de trabalhar.

Gestores escolares provavelmente acreditam bastante na visão macro, cartesiana, de um grande sistema operacional envolvendo o “laboratório de informática” da escola, alunos e o professor; este, por sua vez, parece não raro levemente confuso entre tentar encontrar uma maneira de realizar uma aula eficaz com o uso de tecnologia e a dificuldade de entender porque aquela idéia bacana de pedir trabalhos em Power Point não funcionou como deveria.

Alunos…bem, eles ainda esperam em boa parte da escola a organização que muitas vezes não têm numa rotina permeada pelas marcas da web 2.0 – instantaneidade, compartilhamento, trabalho em rede, individualização de processos, informação ao mesmo tempo fragmentada e interconectada. Com  certa razão, por vezes sentem-se desmotivados por encontrar desafios numa área que dominam – o uso das rotinas em mídias digitais – muito aquém das habilidades que conquistam mais rapidamente do que qualquer ambiente escolar consegue acompanhar.

Mesmo o termo “laboratório de informática” é capaz de traduzir essa falta de sincronia. Não há mais laboratório algum. Caso tenha existido – e se ainda o há – é apenas para testes de novos equipamentos e idéias. E, ainda assim, ele não fica mais em uma sala, muito menos apenas em uma cidade ou país. O que existe, cada vez mais, é uma imensa massa critica sendo construída por gente com visões tão diferentes quanto a própria experiência de cada um com a tecnologia.

 

Rodrigo – Exercício 4

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

24/11/2011 às 0:02

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 4: Tecnologias digitais na educação

com um comentário

Leia o texto a seguir, escrito em 2007. Considere se houve alteração, nos últimos anos, sobre o cenário descrito, acerca da disseminação de novas tecnologias na educação no Brasil. Comente o assunto sob três perspectivas: a do aluno, a do professor e a do gestor escolar. Poste seus comentários no blog da disciplina.

Leia o restante deste texto »

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

23/11/2011 às 23:21

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 3: Identidade digital

nenhum comentário

Leia o texto a seguir. Reflita sobre a nova dimensão identitária dos indivíduos em meio às trocas simbólicas mantidas através das redes digitais de interação comunicativa. Considere até que ponto existe identidade entre o ser que “é” e que “existe” no mundo e o ser que se “projeta” e se “revela” como protagonista nessas interações comunicativas. Responda, então, a seguite questão: Quem é você? Depois, poste sua resposta no blog da disciplina.

Leia o restante deste texto »

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

23/11/2011 às 23:19

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 1 – o que é digital?

nenhum comentário

Numa definição mais imediata, o termo coloca-se em oposição à transmissão analógica de sinais usada na radiodifusão tradicional, ou seja, indica a digitalização ou codificação binária do sinal nas transmissões multimídia em banda larga.

(Tatiana Garcia)

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

23/11/2011 às 11:55

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 2 por Patricia Basseto

nenhum comentário

O presente texto refere-se ao exercício de escrever uma carta para um parente, no passado, há cerca de cinquenta anos, contando das novidades tecnológicas que nos permeiam em nosso cotidiano. Escolhi enviá-la para minha saudosa avó dona Aparecida.

Uma carta de uma mestranda de 2011 para uma dona de casa de 1950

Querida vovó:

Passaram-se cinquenta e um anos desta data e o mundo mudou muito.

Hoje o Brasil tem como presidente uma mulher que tentou derrubar os presidentes da ditadura que ainda está por vir em seu tempo. Lembra do telefone, que poucas e somente ricas pessoas tinham? Pois bem, hoje todo mundo tem um, e, ele é portátil, por exemplo você pode falar com qualquer pessoa de dentro de um ônibus em movimento!

A televisão hoje é colorida e tem de todos os tamanhos e também tem a tela bem fina, e existe um aparelho chamado controle-remoto, com o qual você muda os canais sem levantar do sofá!

O rádio também se tornou portátil, é possível caminhar e correr ouvindo as suas músicas preferidas. Também existe um aparelho chamado computador, que se parece com uma televisão com uma máquina de datilografar acoplada que vem com um negócio chamado internet que permite que você compartilhe e converse com pessoas do mundo todo através da tela, parece magia , mas, é só tecnologia!

Beijo grande querida vovó, sinto muitas saudades aqui de onde estou.

De sua neta mais aventureira, mas que nunca perde as raízes:

Patricia Basseto dos Santos

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

21/11/2011 às 19:00

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

T-learning in Telecommunication Engineering: The value of Interactive Digital TV in the European Higher Education Area

nenhum comentário

Mart´?n L´opez-Nores, Yolanda Blanco-Fern´andez, Jos´e J. Pazos-Arias, and Jorge Garc´?a-Duque
Department of Telematics Engineering, University of Vigo
2010 10th IEEE International Conference on Advanced Learning Technologies

O trabalho destaca que o Ensino Superior Europeu está passando por uma profunda renovação das metodologias de ensino, enfatizando o papel das TIC para possibilitar a aprendizagem contínua, ao longo da vida.

A pesquisa apresenta um projeto (pioneiro) na aplicação da tecnologia de TV Digital Interativa para o ensino superior no curso de Engenharia de Telecomunicações na Universidade de Vigo.

A experiência foi realizada com alunos voluntários, para a análise do valor pedagógico e motivador dentro da abordagem proposta e para a ampliação para outras áreas.

Introdução:

-Acordo do EHEA – Ensino Superior Europeu- investimentos em tecnologias e t-learning

 T-learning: educação assistida por TVDi .

 “T-learning sempre foi pensado como um meio de oferecer oportunidades de aprendizagem à distância para as massas, aproveitando a penetração praticamente total da televisão nos lares.”

O trabalho apresenta uma proposta para apresentar as possibilidade de inserir o t-learning no EHEA. Eles apostam no t-learning possa agregar valores ao Ensino Superior e servir como um facilitador para o aprendizado contínuo e para a compreensão de certos conceitos apresentados na “educação formal” (como um complemento).

“Além disso, queremos medis a eficácia de uma abordagem de ensino à distância baseado na resolução de problemas práticos com base no modelo de colaboração entre os vários alunos e tutoria à distância pelos professores.”

 Contexto:

O projeto foi desenvolvido dentro do curso de Engenharia de Telecomunicações em disciplinas consideradas as mais difíceis, onde os estudantes tinham mais dificuldades pare entender determinados conceitos, de acordo com pesquisas anuais realizadas pela Universidade.

Conclusões:
O projeto descrito neste artigo tem como objetivo avaliar as perspectivas da TVDi no ensino superior, como um complemento para a aprendizagem. T-learning pode aumentar as possibilidades de
aprendizagem contínua e colaborativa.
O pesquisadores apontsam  o interesse de lançar a plataforma ATLAS como uma ferramenta gratuita para a comunidade de ensino superior para criar material educativo para outros cursos em qualquer área do conhecimento.
Exemplo: Programaçãoem Ambiente Multitarefae Sistema Operacional.

Link do paper:

 http://ieeexplore.ieee.org/search/freesrchabstract.jsp?tp=&arnumber=5572584&openedRefinements%3D*%26filter%3DAND%28NOT%284283010803%29%29%26pageNumber%3D10%26searchField%3DSearch+All%26queryText%3DDigital+TV

Postado por: Flávia Galdiole

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

17/11/2011 às 19:19

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Modelo de paper científico

nenhum comentário

Entidades científicas internacionais, como a ACM e o IEEE,  adotam modelos padronizados de layout (templates) para a publicação de relatos de pesquisas. Um sistemas mais difundidos com este propósito é o LaTeX, que estabelece um conjunto de comandos (ou macros) tipográficos para citações, referências bibliográficas, formatos de páginas e outros elementos comuns, possibilitando a exportação do conteúdo do paper e sua adaptação para diversos formatos de publicação. Mesmo sem o uso desses comandos avançados, é conveniente adotar modelos formais que norteiem a divisão da estrutura do conteúdo do trabalho, a indicação de autores, o uso de tabelas e figuras, entre outros elementos.

Confira, a seguir, um modelo padrão que pode ser usado para a produção de seu paper, com vistas à submissão para eventos e periódicos internacionais: MSW_USltr_format (formato .doc)

Link no Scribd:

http://pt.scribd.com/doc/24541946/MSW-USltr-Format

Link no E-Book Browse:

http://ebookbrowse.com/msw-usltr-format-atm2011-doc-d48633063

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

31/10/2011 às 14:31

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Agenda de seminários

nenhum comentário

27/10: Regiane, Maria Lucia, Patricia, Paula e Tatiana

03/11: Eloiza, Sergio, Humberto, Lucas, Roberta, Fernando, Luana, Flavia e Nirave

17/11: Ronaldo, Eliane, Alex, Tulio, Paulo e Rodrigo

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

31/10/2011 às 12:44

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 2. Minha vida digital

nenhum comentário

Proposta: Leia o texto a seguir. Considere a diferença do cenário tecnológico atual em relação ao da geração de seus pais ou avós, que nasceram, cresceram e trabalharam em um mundo anterior à internet e às novas tecnologias de comunicação e informação. Redija, então, uma pequena carta, em 15 a 20 linhas, endereçada a um familiar seu no ano de 1960. Descreva a ele o contexto tecnológico atual, numa perspectiva que seja compreensível à mentalidade daquela época. Busque elementos que façam nosso “mundo digital” e nossa “vida digital” parecerem menos estranhos a seu antepassado. Ah, e depois, se esse seu parente ainda for vivo, envie a carta impressa a ele pelo Correio, com selo postal e lacrada com cola líquida, com data de 27/10/1960.

Objetivos: Reflitir sobre as transformações provocadas pelas tecnologias digitais em nosso cotidiano. Exercitar a escrita criativa.

Leia o restante deste texto »

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

31/10/2011 às 12:41

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria

Exercício 1. O que é digital?

com 2 comentários

Proposta: Leia os trechos a seguir. Se necessário, consulte um dicionário ou páginas específicas na internet de modo a esclarecer termos técnicos relacionados aos princípios físicos e às tecnologias citadas. Reflita sobre as aplicações desses conceitos ao universo da comunicação digital. Redija um verbete de até 3 linhas com uma definição do termo “digital”.

Objetivos deste exercício: Apresentar conceitos introdutórios de mídia digital; familiarizar os alunos com hábito de leitura em inglês; estimular a capacidade de síntese e de definição. Leia o restante deste texto »

Escrito por Francisco Rolfsen Belda

31/10/2011 às 12:37

Publicado em TV Digital

Tags desta matéria